“A Colina Que Subimos”, da poeta e activista Amanda Gorman, chega às livrarias portuguesas

por Comunidade Cultura e Arte,    14 Junho, 2021
“A Colina Que Subimos”, da poeta e activista Amanda Gorman, chega às livrarias portuguesas
Amanda Gorman / Chairman of the Joint Chiefs of Staff (Flickr)

Amanda Gorman, poeta e ativista, ganhou grande destaque em todo o mundo depois de surgir como a mais jovem poeta a discursar na tomada de posse de Joe Biden, presidente dos EUA.

Aos 22 anos, Amanda Gorman, a sexta e mais jovem poeta a ler um poema na tomada de posse presidencial, conquistou o mundo com a sua mensagem de esperança e união. O poder da sua poesia chega às livrarias portuguesas a 16 de junho pela Editorial Presença. A Colina Que Subimos – Um poema inaugural é publicado numa edição bilíngue, de capa dura, com prefácio de Oprah Winfrey e tradução de Carla Fernandes, tradutora, jornalista e programadora cultural.

Quando chega o dia, perguntamo-nos:
Onde podemos encontrar a luz
Nesta sombra infinita?
A perda que carregamos, um mar que temos
de atravessar.  

Primeiros versos de A Colina Que Subimos, de Amanda Gorman (Tradução de Carla Fernandes)

A 20 de janeiro de 2021, Amanda Gorman tornou-se a sexta e mais jovem poeta a ler um poema na tomada de posse presidencial. Depois do discurso do 46.º presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, Amanda subiu ao palco e conquistou o país e o mundo. A Colina Que Subimos – Um poema inaugural pode agora ser lido e partilhado pelos leitores portugueses.

A Colina Que Subimos chega às livrarias a 16 de junho e já está disponível em pré-venda em presenca.pt, com um Preço de Venda ao Público de 10,90€.

Este é o primeiro de três livros que a autora vai publicar em 2021. Na rentrée, a Editorial Presença publicará a coletânea de poemas inéditos e o livro infantil Change Sings, com ilustrações de Loren Long. Ambos contarão com tradução de Carla Fernandes.

Amanda Gorman junta-se assim, no catálogo da Editorial Presença, a nomes como Malala Yousafzai, Bana Alabed, Greta Thunberg e, mais recentemente Gitanjali Rao, a primeira vencedora do Prémio Kid of the Year da revista TIME, reforçando a aposta da editora em novas e inspiradoras vozes femininas, nas mais variadas áreas de atuação.

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados