“Cama Solidária”. Há solução para pessoas que ficam à espera nos hospitais

por Comunidade Cultura e Arte,    21 Janeiro, 2021
“Cama Solidária”. Há solução para pessoas que ficam à espera nos hospitais
DR
PUB

Na sequência de vários relatos de filas de ambulâncias à porta dos hospitais, profissionais de saúde exaustos, salas de espera de doentes lotadas, a agência uppOut desenvolveu o movimento “Cama Solidária”.

A iniciativa vai permitir que os proprietários de autocaravanas disponibilizem os veículos para que possam ser utilizados por quem precisa. Ou seja, as autocaravanas vão estar ao serviço tanto o profissional de saúde, de modo a que tenha uma cama confortável onde descansar umas horas por dia, como os paciente que não têm espaço na sala de espera, especialmente no Inverno, quando o frio e chuva são uma constante.

Os proprietários das autocaravanas só precisam de ir ao site e indicar qual a disponibilidade da sua autocaravana e a região onde se encontra. Os voluntários da uppOut tratam de toda a parte operacional, desde a colocação no parque de estacionamento do hospital ou centro de saúde, até mesmo a desinfeção e limpeza.

Gonçalo Carvalho, um dos responsáveis deste movimento, diz “Esta iniciativa é simples, mas com um potencial de ajuda imenso. A ambição é que todos aqueles que precisam de descansar o façam nas melhores condições possíveis, para que possamos todos sair bem deste novo confinamento e o mais breve possível. Vivemos em tempos desafiantes que urgem a colaboração efetiva de todos nós para evitar um colapso social. Não só queremos ajudar, como queremos deixar uma mensagem crucial: é fácil ajudar”

O projecto vem no âmbito de outros movimentos de sucesso de cariz social criados pela uppOut para fazer face as dificuldades geradas pela COVID-19 em 2020, tais como Acolhe um herói, Acolhe uma refeição, Acolhe um trabalho, Acolhe um empresário. 

Esta iniciativa, tem o apoio do Stand Virtual, portal líder no ramo automóvel, que está ajudar a divulgar o movimento perante todos os proprietários de Auto Caravanas.

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados

por ,    25 Novembro, 2021

Nestes últimos dias, navegando pelas redes sociais, tenho encontrado várias pessoas que citam, sem aparente honestidade, as atuais restrições de entrada em certos espaços e eventos, em vigor para quem não possui o certificado de vacinação, comparando-as depois com as restrições de acesso aos espaços para quem não tinha o "certificado de arianismo", ou "Ahnenpaß", na Alemanha Nazi.Este é muito possivelmente o argumento mais dúbio que estas pessoas poderiam partilhar sobre o assunto. Mais facilmente um "reductiu as hitlerum" destes seria usável e instrumentalizável contra negacionistas e opositores de medidas de contenção da pandemia, lembrando que eram precisamente os nazis que defendiam que os elos mais fracos deveriam ser deixados para trás...

Ler Mais