Entrevista. Frederico Martinho: “Uma banda é uma receita”

por Backstage,    9 Julho, 2021
Entrevista. Frederico Martinho: “Uma banda é uma receita”
Frederico Martinho / Backstage

O que vais ler, ver e ouvir é da autoria do Backstage, um podcast criado por Ana Roque e Vasco Barreiros, que tem o apoio da Comunidade Cultura e Arte.

No nono episódio do podcast Backstage, o convidado é Frederico Martinho, guitarrista da famosa banda HMB, mas também fundador da banda Pimenta Caseira.

“O meu primeiro herói foi o Frank Sinatra”, confessa o músico ao falar do início do seu percurso musical e das influências musicais que vieram dos seus pais. O entusiasmo pela guitarra aconteceu por volta dos 14 anos através de um amigo da família que tocava em convívios.

Mais tarde, o Fred (como também gosta de ser chamado) integrou projectos como Groove 4tet ou Pimenta Caseira, mas ocupa a maior parte do seu tempo com os HMB, o seu “main event”. Apesar de não ser o guitarrista inicial, já faz parte da banda há muito tempo e agradece muito a quem o convidou: “ele sabia o que estava a fazer, ele sabia que estava a ligar as pessoas certas”, porque, para o músico, “uma banda é uma receita”.

Depois de se falar do processo criativo da banda, o guitarrista admite que o tempo de pandemia “foi muito fértil” e que, para eles, “foi bom parar” porque “a dinâmica de grupo precisava de refrescar”. Pessoalmente, o músico aproveitou para se mudar da cidade para o campo, onde tão bem nos recebeu.

Nas três rubricas do costume, o Fred afirma “não tenho plano B, é plano A, só: música”. Escolhia ir ao backstage do Stevie Ray Vaughan “agradecer-lhe” e ter John Mayer a abrir para HMB: “acho que ele se aguenta, mas nós quando entramos, depois, entramos forte”.

Na segunda parte da conversa, fala-se sobre outro projecto deste músico: a Musical Partners, uma empresa que fornece música para eventos. Relativamente às influências musicais mais recentes, o Fred mencionou especialmente o músico Marc Rebillet, “acho que é o artista mais livre e criativo e fértil que eu vi nos últimos tempos”, porém, não deixou de parte Django Reinhardt, que “é também um herói”.

Já perto do final, aborda-se o tema da indústria da música nacional e o caminho que está a tomar. O músico denuncia a falta de circuitos paralelos mas elogia a qualidade musical que existe em Portugal. Há ainda um momento especial em que o músico nos mostra a sua guitarra, feita especialmente para ele, contendo mesmo o carimbo “Fresh Fred”, e toca um pouco dos voicings e licks que o inspiram.

A conversa acaba com novidades sobre a banda Pimenta Caseira. Nascida no Cais do Sodré, tem um single cá fora e um disco mesmo a sair. Além do trabalho nesta banda, o Fred também vai lançar um álbum em nome próprio em breve. Não percam este incríveis lançamentos, e fiquem para ver o momento musical tão original que o Fred criou para nós. Vejam todo o episódio aqui:

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados