Filmes de Regina Pessoa vão passar por 19 cinemas portugueses

por Comunidade Cultura e Arte,    14 Dezembro, 2020
Filmes de Regina Pessoa vão passar por 19 cinemas portugueses
“História Trágica Com Final Feliz” (2005)

Agência da Curta Metragem celebra, pelo oitavo ano consecutivo, O Dia Mais Curto, com sessões de curtas-metragens de norte a sul do país, ao longo do mês de dezembro. Estas sessões realizam-se nos mais variados lugares de projeção — cinemas, bibliotecas, escolas, televisões, transportes públicos, entre outros — em 19 localidades: Aveiro, Barcelos, Elvas, Faro, Figueira de Castelo Rodrigo, Guimarães, Horta, Leiria, Lisboa, Odivelas, Ovar, Ponta Delgada, Porto, Ribeira Grande, Setúbal, Tomar, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão e Vila Real.

Tal como em edições anteriores, propomos cinco programas distintos, para todas as idades e públicos, com filmes portugueses e internacionais. Este ano, destacamos a obra de Regina Pessoa, que se tornou num dos nomes mais reconhecidos do cinema de animação internacional, com o programa “Quatro Janelas Discretas Para o Mundo de Regina Pessoa”.

Este programa, que tem a duração de 37 minutos, permitirá ao espectador assistir à evolução da obra da autora ao longo dos vinte anos que decorrem desde a estreia do seu primeiro filme, “A Noite” (1999) até  ao mais recente, “Tio Tomás, a Contabilidade dos Dias”, que recebeu em Janeiro deste ano o Annie Award atribuído pela divisão de Hollywood da ASIFA, esteve ainda na shortlist dos prémios da Academia e está nomeado para os European Film Awards na categoria de curta-metragem.

Com apenas quatro filmes realizados, Regina Pessoa tornou-se num dos nomes fundamentais do cinema de animação internacional, com uma identidade artística muito vincada, uma grande coerência estética e um universo muito próprio, que gira em torno de uma forte componente autobiográfica e de histórias sobre personagens inadaptadas que se sentem diferentes dos demais. Visualmente, reproduz nas suas animações diferentes técnicas de gravura, que lhe permitem trabalhar a luz e a sombra de uma forma expressiva e, assim, retratar também os sentimentos interiores das suas personagens.

Os filmes que compõem estas quatro janelas para o mundo de Pessoa são: “A Noite” (1999), que conta a história de uma criança e da sua mãe, duas vidas solitárias que não comunicam entre si; “História Trágica Com Final Feliz” (2005), sobre uma menina cujo coração bate mais rápido do que o normal e tão alto que incomoda os vizinhos; “Kali, o Pequeno Vampiro” (2012), um rapaz diferente dos outros, que sonha em encontrar o seu lugar ao sol; e “Tio Tomás, a Contabilidade dos Dias” (2019), animação realizada a partir das memórias afetivas e visuais da infância de Regina Pessoa, que pretende homenagear o seu tio Tomás, um homem humilde e um pouco excêntrico que teve uma vida simples e anónima.

Quatro Janelas Discretas Para o Mundo de Regina Pessoa” será apresentado, diariamente, a partir de 17 de dezembro, no Cinema Trindade (Porto) e contará com a presença da realizadora, no dia 21 de dezembro, seguindo-se uma conversa com Manuela Azevedo (Clã). Em Lisboa, haverá duas sessões no dia 17 de dezembro, no Cinema Ideal.

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados