RTP assinala a Revolução de Abril de 1974 com programação especial

por Comunidade Cultura e Arte,    19 Abril, 2021
RTP assinala a Revolução de Abril de 1974 com programação especial
“Capitães de Abril”, filme de Maria de Medeiros.
PUB

A programação especial acontecerá na RTP1, RTP2 e RTP Memória.

Iniciamos esta celebração no dia 24, às 22h30, na RTP1 com o concerto Agir – Cantando Abril. O músico juntou no Capitólio  as vozes de Ana Bacalhau e Carolina Milhanas e a guitarra portuguesa de Gaspar Varela para recordar canções originalmente gravadas entre 1968 e 1983 de Zeca Afonso, Sérgio Godinho, Fausto, Vitorino, Manuel Freire e Paulo de Carvalho.

No dia 25, às 16h45 poderá rever Capitães de Abril. Um retrato da Revolução que mudou a nossa História numa impressionante produção com realização de Maria de Medeiros.

No ano em que Sérgio Godinho comemora 50 anos de carreira, é convidado do Concerto Comemorativo do 25 de Abril a decorrer na residência oficial do primeiro-ministro, nos jardins do Palácio de S. Bento. Um concerto intimista onde percorremos os grandes temas de Sérgio Godinho, acompanhado ao piano por Filipe Raposo. Sérgio Godinho ao Vivo no Palácio de S. Bento, às 19h00,  durante a tarde de dia 25 na RTP1.

RTP2 inicia a sua programação especial com a estreia da minissérie Mulheres na Resistência. Ao longo de quatro episódios contamos a estória de vida de quatro mulheres, todas elas com um papel relevante no movimento de resistência ao fascismo português. Para acompanhar nos dias 22, 23, 26 e 27 de abril, pelas 20h30.

No dia 25 lembramos a Diáspora Portuguesa com a emissão de vários programas nacionais e de países de língua portuguesa. A partir das 15h00, assista ao filme Todos os Sonhos do Mundo da cineasta francesa, luso-descendente, Laurence Ferreira Barbosa, que conta a história de uma adolescente, filha de emigrantes portugueses em França.

Às 17h40, em Chico: o Artista Brasileiro, de Miguel Faria Jr,  seguimos o percurso de um dos maiores nomes da música e da cultura brasileira Chico Buarque, um depoimento na primeira pessoa.

Logo de seguida, pelas 19h30, conhecemos Jovens Cientistas da Gorongosa, um grupo que nos revela o trabalho desenvolvido no Parque Nacional da Gorongosa. Aqui estudam a biodiversidade e ajudam a recuperar a vida selvagem, onde registam as mais de 6000 espécies de plantas e animais através das suas investigações e expedições científicas.

A partir das 22h10, acompanhe a estreia do filme O Protagonista de Marco Medeiros e Sérgio Graciano, uma adaptação para cinema da peça de teatro homónima de Luís Lobão. Com ‘Dom Quixote’ de Cervantes como pano de fundo, a história passa-se nos bastidores de um teatro e na rotina de um jovem ator (praticamente) figurante – mais azarado do que talentoso, mais sonhador do que vencedor – que imagina uma vida de protagonismo e glória. Protagonizado por Custódia Gallego, Romeu Vala, Sara Matos, Diogo Martins, entre outros.

Fechamos este dia na RTP2 com o espetáculo comemorativo do centenário da maior fadista portuguesa com encenação de João Botelho. Em Amália – A Voz Maior do que o Fado, a partir das 23h25, uma homenagem que junta  nomes como Camané, Ana Quintans, Carlos Manuel Proença, Gaspar Varela, José Manuel Neto, Luz Casal, Mário Laginha, Paulo Paz, Quarteto de Cordas e Ricardo Ribeiro.

RTP Memória assinala também os 47 anos da Revolução dos Cravos com a emissão de documentos históricos. No dia 24, pelas 22h00, saiba como tudo aconteceu em Os Homens sem Sono. Otelo Saraiva de Carvalho, Vítor Alves e Vasco Lourenço contam o que foi o movimento dos capitães e como se organizou para derrubar o regime. Das primeiras reuniões até à operação que no dia 25 devolveu a liberdade a Portugal.

Na tarde de dia 25 de abril vamos conhecer a história e o legado do dia que mudou o país. Às 14h55, Cravos de Abril, um trabalho do realizador Ricardo Costa. Entre 25 de abril e 1 de maio de 1974, este capturou raras imagens a cores da Revolução e mostra-nos essas imagens valiosas dos militares no Terreiro do Paço, do cerco ao quartel do Carmo, dos regressos de Soares e Cunhal, da alegria do 1º de Maio e da emoção de nomes como Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira, José Jorge Letria, José Mário Branco e Ary dos Santos, juntos, a cantarem “Grândola, Vila Morena”.

Às 15h25, em Dois Anos de Revolução, o realizador Francisco Saarslfeld traça um retrato de Portugal entre o 25 abril de 1974 e o dia 14 de julho de 1976, dia da tomada de posse de Ramalho Eanes como Presidente da República. São 2 anos, 2 meses e 19 dias em que o País se liberta de uma ditadura, vive o Período Revolucionário em Curso e elege os seus representantes em eleições livres.

Segue-se um grande clássico da Informação da RTP dedicado ao 25 de Abril. Nesta Grande Reportagem, 10 anos depois da Revolução, Barata Feyo e Miguel Sousa Tavares recorrem ao arquivo RTP para o necessário enquadramento histórico da revolução, com entrevistas exclusivas de Vasco Gonçalves, Mário Soares e Pedro Feytor Pinto. Mas há mais: Joaquim Furtado recorda o momento em que leu o célebre comunicado, conhecemos um estudo sobre o modo de vida dos portugueses em 1984 e ouvimos Maria João Pires ao piano.

Em jeito de homenagem, em o Inesquecível, a partir das 18h00, recordamos a conversa com Luís Filipe Costa que, em 1974, deu voz a muitos dos comunicados do Movimento das Forças Armadas no Rádio Clube Português. Uma conversa inesquecível a que se junta a escritora Alice Vieira e a memória de Mário Castrim.

A terminar, às 19h30, o grande fotógrafo Alfredo Cunha conta o “seu” 25 de Abril de 1974 a Paulo Dentinho, através das icónicas fotografias que tirou ao longo desse dia nas ruas de Lisboa em A Imagem de Abril.

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados

por ,    25 Abril, 2019

Abril é um mês que é sempre especial para todos nós enquanto povo português devido às celebrações da revolução que […]

Ler Mais