Temos 5 bilhetes duplos para a estreia de ‘Como Fernando Pessoa Salvou Portugal’ e ‘9 Dedos’ (passatempo)

por Comunidade Cultura e Arte,    9 Outubro, 2018
Temos 5 bilhetes duplos para a estreia de ‘Como Fernando Pessoa Salvou Portugal’ e ‘9 Dedos’ (passatempo)
PUB
“Como Fernando Pessoa Salvou Portugal” e “9 Dedos” estreiam na próxima quinta-feira, dia 11, no Cinema Ideal, pelas 21h30, e em parceria com a O Som e a Fúria temos 5 bilhetes duplos para te oferecer.

Nos anos 1920, a pedido de um dos seus empregadores, o poeta Fernando Pessoa cria um slogan publicitário para a bebida Coca-Louca, que cria o pânico no seio do governo autoritário da altura.

Quando escrevi o pequeno livro “L’ami du chevalier de Pas”, uma homenagem a Fernando Pessoa, deparei-me com uma anedota que conhecia, mas da qual já me tinha esquecido. Achando-a ao mesmo tempo divertida e muito emblemática dos paradoxos da vida do poeta, decidi fazer dela o tema de um mini-filme. Não tendo então a possibilidade de o rodar de imediato, acrescentei o guião anexo ao livro, com indicação que o meu objectivo era realizá-lo. Que o escritor do século XX que vivia o seu imaginário da forma mais completa, chegando a dividir-se em várias personalidades, cada uma com a sua própria obra, tenha procurado durante toda a sua vida ter sucesso nos negócios, só é uma contradição em aparência; quanto mais potente a imaginação de um artista, mais terá necessidade de a alimentar com o que os outros chamam a realidade, para a transformar num universo espiritual.“, diz-nos o mentor deste mini-filme (de 26 minutos) Eugène Green na “nota de intenções” enviada para a nossa redacção. O cineasta vai ainda mais longe dizendo que “isso dá a ilusão a muitos criadores de poder também influenciar o mundo para chegar ao que a sociedade considera o sucesso.

Eugène Green, que nasceu nos Estados Unidos da América, em 1947, mas obteve a nacionalidade francesa em 1976, traz-nos agora “Como Fernando Pessoa Salvou Portugal”.
A curta-metragem, protagonizada por Carloto Cotta, Manuel Mozos, Diogo Dória, Alexandro Pierroni Calado, Ricardo Gross, Mia Tomé e o próprio Eugène Green, é uma bem humorada viagem ao universo de Fernando Pessoa. A narrativa é baseada num dos episódios mais célebres da carreira publicista do heterónimo Álvaro de Campos, autor do célebre slogan “Primeiro estranha-se, depois entranha-se”, criado em 1927 para a entrada da Coca-Cola em território português. A bebida viria a ser proibida em Portugal e só chegaria a ser comercializada 50 anos depois daquele episódio.

Para ficares habilitado a um dos 5 convites duplos tens de seguir as seguintes regras do passatempo:

Facebook
– Identificar um amigo na publicação da nossa página de Facebook
ou
Instagram
– Identificar um amigo na publicação da nossa conta de Instagram
ou
Twitter
– Identificar um amigo na publicação da nossa conta de Twitter

Os vencedores serão anunciados até às 20 horas do dia de amanhã

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados