“A Baleia”, de Darren Aronofsky, estreia nos cinemas portugueses em Março

por Comunidade Cultura e Arte,    25 Janeiro, 2023
“A Baleia”, de Darren Aronofsky, estreia nos cinemas portugueses em Março
“A Baleia”, filme de Darren Aronofsky
PUB

“A Baleia soma três nomeações para os Óscares nas categorias de Melhor Ator (Brendan Fraser), Melhor Atriz Secundária (Hong Chau) e Melhor Caracterização.

Brendan Fraser está de regresso ao cinema no filme a “A Baleia”. O vencedor do Critics Choice Awards para Melhor Ator protagoniza uma história comovente sobre transformação e transcendência, baseada na aclamada peça do dramaturgo Samuel D. Hunter. Um drama psicológico do realizador americano Darren Aronofsky (nomeado ao Óscar por “Cisne Negro”) para ver nos cinemas portugueses a 2 de março. 

Vencedor de 3 prémios no Festival de Cinema de Veneza de 2022, “A Baleia” acompanha o percurso de Charlie (Brendan Fraser), um professor de inglês recluso que vive com grave obesidade e que tenta recuperar a relação com a sua filha adolescente (Sadie Sink), numa última oportunidade de redenção.

“A Baleia” assinala o ‘renascimento’ da carreira de Brendan Fraser. O ator que lutou contra exércitos de morto-vivos na trilogia ‘A Múmia’, e reconhecido pelos seus papéis em filmes de aventura e comédia, nos anos 90, é um dos potenciais candidatos ao Óscar de Melhor Ator, pela sua brilhante e aclamada interpretação — que valeu já a Fraser 18 prémios e 33 nomeações ao prémio de melhor ator — neste filme de Aronofsky.  Fraser sofreu uma grande transformação física, e sua a entrega total deu força e vulnerabilidade ao seu personagem. 

Esta é a primeira longa-metragem de Darren Aronofsky depois do thriller “Mãe!” (2017). Um filme emocionante e profundo, que conta a sua história mantendo o espírito de palco de teatro, numa sumptuosa adaptação para o grande ecrã, ao lado de Sadie Sink (Stranger Things) e Hong Chau (O Menu).

“A Baleia” teve a sua antestreia em Portugal na 16ª edição do LEFFEST, depois de a 47ª edição do Festival de Cinema de Toronto ter distinguido Fraser com o Prémio de Tributo. O filme chega a 2 de março às salas de cinema nacionais.

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.