Jared Leto ficou chateado com escolha de novo Joker. Já Joaquin Phoenix não se importa de fazer outro filme

por Comunidade Cultura e Arte,    14 Outubro, 2019
Jared Leto ficou chateado com escolha de novo Joker. Já Joaquin Phoenix não se importa de fazer outro filme
Jared Leto e Joaquin Phoenix como Joker
PUB

“Joker”, de Todd Phillips, teve um orçamento de 55 milhões de dólares e para já já arrecadou mais de 300 milhões de dólares só com as bilheteiras e um pouco por todo o mundo.

O argumento de “Joker” ficará a cargo do próprio Todd e de Scott Silver, o mesmo que escreveu “The Fighter” (2010) ou “8 Mile” (2002).

Depois de ser alvo de duras críticas pelo seu desempenho como Joker no filme “Suicide Squad”, realizado por David Ayer, Jared Leto esperava que lhe fosse dada uma segunda hipótese com um filme a solo para que o seu potencial pudesse ser verdadeiramente mostrado. Para além disso, e mesmo depois do resultado do trabalho de Joaquin Phoenix como Joker ter recebido críticas bastante positivas, seja da imprensa especializada ou até do público, Leto decidiu demonstrar o seu descontentamento de forma pública.

Jared Leto como Joker em “Suicide Squad”

De acordo com o The Hollywood Reporter, Leto ficou “chateado” e “alienado” quando descobriu que “Joker”, realizado por Todd Phillips, tinha recebido sinal verde para ser feito e com outro actor no papel do protagonista. Há apenas algumas semanas, Jared disse também que a montagem final de “Suicide Squad” prejudicou a sua performance no filme. O realizador do filme, David Ayer, também já tinha demonstrado a sua insatisfação sobre a montagem do filme.

Já Joaquin Phoenix, e numa entrevista concedida ao Popcorn with Peter Travers, o actor contou que o seu interesse pela história do vilão foi crescendo com o passar do tempo e que não põe de parte dar continuidade ao filme: “Não consigo parar de pensar nisso. Conversei bastante com o Todd sobre o que poderíamos fazer, e se tiver mais alguma coisa que nós possamos fazer com a personagem, seria interessante“.

“Joker”, do realizador Todd Phillips

É de relembrar ainda que Phoenix já esteve na calha para entrar em dois filmes de super-heróis; em “Batman Vs Superman” para assumir a personagem de Lex Luthor, no entanto negou o papel e Jesse Eisenberg acabou por interpretar a personagem. Depois disso, também esteve para ser “Doctor Strange”, mas recusou novamente e Benedict Cumberbatch assumiu o seu lugar.

Em 2018, e em entrevista ao Collider, Joaquin Phoenix falou pela primeira vez sobre o facto de ir interpretar o papel de Joker:

Há três ou quatro anos atrás liguei para o meu agente e disse ‘Porque não pegam numa dessas personagens e fazem um filme com um orçamento pequeno, um estudo da personagem, algo focado num dos vilões?’. Pensei que não havia forma de ser o Joker, pois havia acabado de ser feito, então insistia noutros. O meu agente quis agendar uma reunião na Warner, mas eu recusei, e então esqueci-me completamente do assunto até o momento em que ouvi falar sobre este projecto. ‘Oh, é muito entusiasmante, é o tipo de experiência que quero ter e baseado numa banda desenhada (…)’“.

“Joker”, do realizador Todd Phillips

Quando questionado sobre as reacções das pessoas após a notícia de que ia assumir o papel de Joker, o actor afirmou ser normal passar por uma certa ansiedade:

Preciso de muita reflexão e tempo para tomar decisões e saber no que quero trabalhar. Ele [Todd Phillips] é bastante impressionante e parece ter uma compreensão bem interessante do mundo e do que quer dizer. Há algo de muito atraente nisso e na nossa parceria para este projecto em particular. Parece único, pertence ao seu próprio mundo de certa maneira e o projecto assusta-me muito.

Joaquin Phoenix como Arthur Fleck / Joker

Na mesma entrevista, Phoenix também falou da expectativa externa de interpretar uma personagem tão icónica como Joker:

É uma versão magnificada daquilo que lidas como actor. Quando recebes um guião, o escritor/director tem uma expectativa, imaginaram as coisas na cabeça deles (…) há sempre uma ansiedade ‘Será que cumpro a expectativa dele?’ Mas a certa altura tens que o tornar teu (…) é como está agora, tenho de encontrar o meu caminho.

“Joker” estreou nos cinemas portugueses no início do mês de Outubro e continua em exibição-

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados