Tremor com palcos em Ponta Delgada, Ribeira Grande e Vila Franca do Campo. Conhece o alinhamento diário

por Comunidade Cultura e Arte,    19 Agosto, 2021
Tremor com palcos em Ponta Delgada, Ribeira Grande e Vila Franca do Campo. Conhece o alinhamento diário
PUB

Está fechado o programa e alinhamento da sétima edição do Tremor que, este ano, decorre entre os dias 7 e 11 de Setembro. Privilegiando os espaços exteriores, o evento terá palcos nas cidades de Ponta DelgadaRibeira Grande e Vila Franca do Campo, a par das várias propostas de descoberta e interação com o território. Novidades anunciadas hoje no campo da programação: o programa familiar do Mini Tremor, entregue às associações Estúdio 13 e Sonoscopia. Performance, leitura, som e instalação são os quatro eixos que orientam as duas propostas pensadas para os mais novos. 

Completando o seu trabalho de ligação com a comunidade, o Tremor integrará ainda um total de três residências artísticas que vão propor criações e espectáculos inéditos nas áreas da música. A abrir o festival a nova colaboração com a Escola de Música de Rabo de Peixe, desta feita, com o músico Jerry the Cat e a primeira junção em palco de Filho da MãeNorberto Lobo e Ricardo Martins. Palavra especial ainda para o novo episódio do trabalho da ondamarela com a Associação de Surdos de São Miguel e para as propostas de concertos de músicos locais: InSeCureFrank e a banda de punk Kazän, os criadores Luís Gil Bettencourt e Mário Raposo e a tríade Luís SenraSofia Caetano e PMDS responsável por criar a banda sonora para o Tremor Todo-o-Terreno deste ano. 

Nos nomes confirmados para os concertos, renovada aposta na diversidade de propostas que em 2021 voltam a trazer aos Açores artistas de várias gerações, géneros e espaços geográficos. No total são 16 as bandas e produtores que farão de São Miguel o epicentro para uma experiência que, ao longo de 5 dias, integra concertos em salas, performances surpresa e apresentações na natureza: Angélica SalviCasper ClausenClãConferência InfernoDirty Coal TrainFerro GaitaKelman DuranKo Shin MoonLarry GusLena D’ÁguaMadMadMadSamuel Martins CoelhoSensible Soccers, Solar CoronaVanishing Twin e Warmduscher

O programa completa-se com a exposição coletiva e site-specific, Epicentro: Promessa, que integra trabalhos do colectivo berru, da dupla Débora Silva e Slim SoledadJoão Pais Filipe e Beatriz Brum (com co-produção da Artworks), Gregory Le Lay e da Sonoscopia

Alinhada com as exigências dos tempos que vivemos a edição 2021 do festival vai replicar as sessões especiais do Tremor Todo-o-Terreno, por forma a que todos os portadores de bilhete possam ter acesso às mesmas, vai integrar palcos de exterior para os dois últimos dias de concerto e implementará um conjunto de iniciativas e parcerias que promovem um comportamento sustentável e de respeito para com a natureza da ilha de São Miguel. Para além do kit Tremor (tote bag e cantil) a comunicação das actividades será desmaterializada, passando a aplicação mobile do festival a ser o ponto de referência para informações e inscrições dos festivaleiros. A par da informação referente às actividades do evento, a aplicação integrará ainda um guia de sugestões com 6 tipos de atividades e 4 coordenadas geográficas, para actividades, espaços e restaurantes localizados na ilha. Os portadores de bilhetes para o festival poderão ainda usufruir da rede de transportes que o festival criará em parceria com a Varela, assim como de descontos no aluguer de bicicletas na Atlantic Bikes.

A edição deste ano do Tremor conta com o apoio da Fundação Millennium bcp, parceira do programa de residências artísticas do festival, a Fundação Galp e a Galp Açores mais um ano ao lado do trabalho entre a ondamarela e a Associação de Surdos de São Miguel, e a  da AC Cymbrom, S.A que potencia o programa Mini-Tremor. 

Alinhamento Diário

07 de Setembro, Ponta Delgada e Ribeira Grande
Filho da Mãe + Norberto Lobo + Ricardo Martins
Escola de Música de Rabo de Peixe + Jerry the Cat
Larry Gus

08 de Setembro, Ponta Delgada 
Abertura Epicentro: Promessa
Tremor Todo-o-Terreno: Luis Senra, PMDS e Sofia Caetano
Tremor na Estufa: Artista Surpresa 
Luís Gil Bettencourt
MadMadMad
Sonoscopia – Phobos: Orquestra Robótica Disfuncional 
Warmduscher

09 de Setembro, Ponta Delgada 
Epicentro: Promessa
Tremor Todo-o-Terreno: Luis Senra, PMDS e Sofia Caetano
Tremo r na Estufa: Artista Surpresa
InSeCureFrank
Mário Raposo
Sonoscopia – Phobos: Orquestra Robótica Disfuncional 
Vanishing Twin

10 de Setembro, Vila Franca do Campo
Epicentro: Promessa
Tremor Todo-o-Terreno: Luis Senra, PMDS e Sofia Caetano
Tremor na Estufa: Artista Surpresa 
Associação Surdos São Miguel + ondamarela
Conferência Inferno
Lena D’Água
Sensible Soccers

11 de Setembro, Ponta Delgada
Epicentro: Promessa
Mini Tremor – (Estúdio 13 – Aviões de Papel + Sonoscopia – INsono: O ouvido secreto das plantas)
Casper Clausen
Clã
Dirty Coal Train
Ferro Gaita
Kazän
Kelman Duran
Samuel Martins Coelho

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Artigos Relacionados