Agir lança nova música “Prescrever”

por Comunidade Cultura e Arte,    26 Abril, 2021
Agir lança nova música “Prescrever”
Agir / DR
PUB

Depois de um intenso fim de semana, que começou com uma canção da sua autoria, “O Sol do Azar”, editada no novo álbum de António Zambujo, Voz & Violão; em que comemorou os 47 anos do 25 de Abril, no sábado, 24 de Abril, com o concerto Cantando Abril – uma homenagem ao cancioneiro dos poetas e autores de intervenção, transmitido na RTP 1 e disponível na RTP Play; e participou numa tertúlia, no Palácio de Belém, a convite do Presidente da República, no âmbito da celebração do 25 de Abril, AGIR lança hoje a canção Prescrever, uma reflexão sobre os alçapões que a hermenêutica jurídica cria e que, numa clara distorção ontológica, alimentam as desigualdades sociais, acabando por perverter a própria essência de Justiça.

Prescrever é uma canção original da autoria de AGIR, com arranjo para cordas de Tomás Marques e video de Arlindo Camacho, filmado na mítica Tasca do Chico. Inscrita na tradição da música de intervenção mas de uma forma descomprometida, esta canção completa e encerra um ciclo que começou com a participação especial no Festival da Canção, em que cantou dois dos maiores clássicos de todos os tempos da música portuguesa, “Flor Sem Tempo” e “E Depois do Adeus” numa homenagem ao pai, Paulo de Carvalho.

Veja ou recorde as interpretações de AGIR no Festival da Canção:

Com 3 álbuns de originais em nome próprio, o primeiro, homónimo, o segundo “Leva-me a sério” e o último “No Fame”AGIR é um dos mais reputados artistas da sua geração, sendo presença constante nas playlists da rádios com os seus temas a solo e diversas colaborações com alguns dos maiores nomes da música nacional como Ana Moura, Carolina Deslandes, Diogo Piçarra, Karetus, Papillon ou 9 MILLER. No seu percurso contam-se várias conquistas, entre as quais três Coliseus esgotados, o prémio “Best Portuguese Act” nos MTV EMA 2015, o Globo de Ouro de “Melhor Intérprete Individual” ou  o galardão de disco de Platina pelo álbum “Leva-me A Sério”.

Gostas do trabalho da Comunidade Cultura e Arte?

Podes apoiar a partir de 1€ por mês.

Tags:

Artigos Relacionados