Samuel Pinho

publicitário. ou pelo menos tem essa ideia. não gosta de demagogia em saldos ou de fazer auto-referências na 3.ª pessoa. se excluirmos isso, acredita num mundo livre de maiúsculas. partidário de conversas com elevada profundidade e de noites regadas a música de baile.